<

apartado

não caibo em nada
e quase nada
cabe em mim

acabo ilhado num fim
sem letra, sigla ou língua
que dê cabo ao que passo
sozinho

acato este espaço novo
e perdido me acanho perante
o estorvo
entre o encanto e o estranho
me esqueço da palavra
socorro

<