Textos de Luciano

estrangeiro

vou por esse caminho
ou por aquele
ou pelo outro

não importa

acabarei sendo obrigado a voltar
e a me
descobrir um pouco mais

teoria da evolução

mentir pra si mesmo
é uma ferramenta evolutiva
para nos manter vivos
em um mundo de espelhos

    assim como o desespero
               a vertigem
               a vontade de morrer

gotemburgo

não faz calor
    nem frio

    nem sol
    nem chuva
só venta

com o vento, fujo pra longe desse lugar
que quase chamo de casa
    (se posso sair com as chaves
    e ir ao supermercado
    comprar pringles e tictac,
    estou em casa)

ando pra longe
    suficiente para não ser achado
        não por alguém que eu possa conhecer

e então paro de mentir pra mim
e deixo-me viver.

sobre o frio, as amizades e a maturidade

ao ver uma foto que fiz de você
    de bobeira
    há um ano
percebi o quanto ainda somos jovens
    amigo

ainda não tínhamos visto nada disso
e eu não sentia esse frio
que tanto me lembra
nossa casa

e o quanto somos infantis
ao pensar que
    memórias
    palavras
    e amizades
        são pra sempre

somos crianças perto
do sentimento do mundo

então proponho permanecermos
    felizes
    crianças
    juntos

        até quando